segunda-feira, 27 de abril de 2009

Basta Quereres!


A vida é um exercício permanente
Que a gente faz na vida dia a dia.
Num esforço constante e persistente,
Corremos,
Lançamos,
Saltamos a fasquia.
De vez em quando
Andamos,
Passo a passo.
Depois…
É o “sprint”,
O desvario.
E às vezes…bom, paramos,
É o cansaço.
A vida é um jogo,
Um desafio.
A vida é assim mesmo,
É o movimento,
O esforço contínuo
E sem fadiga,
A resposta quase certa ao pensamento,
Um constante retomar
Da luta antiga.
Nadar, ir ao fundo,
Vir à tona,
Velejar no mar alto sem guarida,
Chegar sempre ao fim na maratona,
Não deixar que a embarcação
Vá à deriva.
Aguentar o esforço,
Repetir.
Ser às na precisão como uma seta.
Não perder o alento,
Resistir.
Manter a nossa esperança até à meta.
Correr,
Sempre na direcção.
Se nas metas, que traças-te, acreditares
Hás-de ser com certeza, um Campeão.
Por isso Basta Quereres!

4 comentários:

  1. Então, quem é o autor de tão bela reflexão em forma de poema?
    Adorei!
    Beijinho terno!

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. por vezes querer é bem mais importante que poder.

    ResponderEliminar